.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Até sempre... Joana...

. Metamorfese em Mim

. Hora de Mudança...

. Amo-Te...

. Dois anos passados...

. Contigo...

. Está na hora...

. Saudades... de mãe...

. 18 meses...

. Os Amores da Minha Vida:

.arquivos

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

.as minhas fotos

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds

Terça-feira, 11 de Março de 2008

Dia de chuva!

1anjo47.gif

172.jpg172.jpg

Hoje, quebrou se a rotina...

Levantar mais cedo...preparar tudo num flaxe de tempo...

Ter de lidar com uma carinha ensonada de uma menina linda de 10 anos..

Mas as obrigações assim exigiam!

Hoje, tinha as análises de sangue para fazer no hospital,coisa mais normal, não?

Talvez!

Talvez, para o mais comum dos seres humanos, para mim, ainda é tudo muito difícil de lidar!

Entar naquele hospital, ler naqueles papéis “morte fetal”,,, lugares, pessoas, gestos, recordações de um dia, que ficou parado no tempo, onde a minha menina ainda mexia, cheia de vida, dentro de mim...

O mundo parece palpitar vida a cada esquina que cruzo...

A meus olhos, o mundo está a ser habitado quase em exclusivo por mulheres grávidas e lindas crianças... um tela mágica, pintada de vida, mas que faz dor a minha alma.

A cada passo, sinto os aromas da Felicidade no ar, que contaminam todos à minha volta e que me deixam, a mim, presa nesta dor que me sufoca em silêncio!

(...)

Como é egoísta a dor... como nos transporta, num curto espaço de tempo para dentro de nós mesmo, tirando nos a capacidade de olhar em redor. Ver na realidade, a tristeza do mundo, que transpira dor e sofrimento, que grita e chora num desespero desmedido!

Me entrego à minha dor, me aconchego para chorar,,, faço o num gesto de colo, de consolo, na certeza de repor forças e me levantar de novo para enfrentar sem medo, aparente, esta vida que pulsa cá fora, que não é fácil mas que nos reserva também, milagres dignos e que nós temos a obrigação de lutar para os viver!

Porque, enquanto, houver dor no mundo, eu não tenho o direito de desistir...

Porque, enquanto, for minha vida coroada de Amor por aqueles que me rodeiam... e Tu, meu anjo, brilhares neste imenso Céu,,, eu tenho a obrigação de ACREDITAR!

172.jpg172.jpg172.jpg172.jpg

 

 

publicado por lara_meu_anjo_escondido às 11:26
link do post | comentar | favorito